segunda-feira, 19 de setembro de 2016

rosa sobre lilás


Se a flor, virá, e uma luz incidirá, por tudo o que irradiar, e de certa forma deixar, dessas pétalas desenhadas e riscadas, e pecíolo continuado, na mesma cor apertado, e o desabrochar continuado, na mesma forma, e sempre encantado, ano após ano, e uma vez por ano, o abrir, e o desabrochar, as cores que apreciamos, e o calor que beijamos, dessa flor rosa ou lilás, e mais cores que tais, formais na simplicidade, e do sabor campestre, e da vida de um qualquer prado, de um habitat distinto, e único. O sabor de olhar, o sentir das flores, pétalas sempre desenhadas, aquece-me...
Enviar um comentário