quinta-feira, 11 de agosto de 2016

a castanha gaivota


Debicar tudo o que aparece, e sacio a fome...


Sobre a areia, e sobre a praia, sob a luz do astro descendente...


Mirada por outra, maior...


E agora olha para mim, e já viste, tenho companhia...
Enviar um comentário