quinta-feira, 30 de junho de 2016

quente sol descendente


Quente sol descendente, que aqueces o ambiente da serra linear, e do mar temperado, qual águas bordejadas por península vasta, e longamente, e pela frente, sob as ondas do calmo atlântico, que o é só aqui, quase permanentemente pacifico e ligeiramente ondulado, e na hora de fechar o dia, se deixa levar pelos tons suaves e cada vez mais escuros. Partida dessa praia, e desse calmo vento, entendo que é efémero esse momento, explosivo, arrebatador, e mais qualquer coisa que se sente... mas só se absorve com os olhos postos, e com a destreza calma e dormente, do corpo sentado nos finos grãos de areia, simplesmente, observando... o pôr do sol atrás da serra calcária...

Na praia da Comporta, obsevando a serra da Arrábida.
by Rui Faria, MR
Enviar um comentário