terça-feira, 10 de maio de 2016

as urzes atlânticas


A urze que pinta de rosa as serras quartzíticas e os vastos montes graníticos. A Erica umbellata.


A Erica tetralix vegetando em lameiros húmidos em alta montanha. São as suas lindíssimas flores pendentes pálidas.


A grande urze que pode atingir um porte possante e arbóreo, a Erica arborea, planta que é capaz de se expandir e formar formações serradas e densas.


E também a grande urze branca, a Erica lusitanica, de ocorrência rara e em lugares húmidos, pântanos, brejos e outros.


A Erica australis, e a sua grande flor rosada, de aspeto arbustivo muito semelhante ao da urze arbórea.


A Erica cinerea, que vegeta em solos pobres, também abundante, ocorrendo em serras xistosas e quartzíticas, mas também em solos graníticos degradados.


A Erica ciliaris, ou a urze peluda que vegeta em lugares húmidos ou muito próximos de água.


E por fim a urze atlântica por excelência, a Daboecia cantabrica, de ocorrência em montes húmidos e de exposição costeira.

-------
Ficam a faltar outras 3 espécies de urzes bem como o medronheiro...

Enviar um comentário