sábado, 5 de março de 2016

Rio de Ruivães (portas do P.N.P.G.)


Promontórios graníticos e pequeno canhão escavado por um rio de águas cristalinas vindo do alto rodeado de carvalhos, desgasta as rochas profundamente originando pequenas quedas de água e afunilamentos até desaguar na albufeira de salamonde...
Esta zona é mais seca e com matos, percorrida por antigos incêndios...
Enviar um comentário