sábado, 9 de janeiro de 2016

veios negros


Nas dunas recuadas de Maçeda, o recuo foi tanto que em determinadas alturas do inverno a porta dos lençois freáticos de água doce se abre e desagua por entre as águas salgadas do mar ali junto. Diga-se logo de passagem que é algo impressionante, é como se fosse uma nascente, mas em vez das montanhas, esta nasce junto do mar, onde todos os cursos de água desaguam, e que já vêm com centenas de kilómetros percorridos. O tom escuro dos veios advém do solo arenoso mais escuro por certo e de caratér antigo, por cima de lamaçais pré-históricos. 
Enviar um comentário