sábado, 23 de janeiro de 2016

praia de Adraga e as gaivotas


Por momentos, de voar, na praia, e nos calcários prepotentes e engalanados, que se atravessam no caminho da orla costeira, das águas azuis-turquesa, e dessa beleza, intemporal mágica, que adorna essa paisagem. É o poiso preferido, é o recanto sossegado, é um ponto de passagem para o ser alado,...
Minha gaivota de asa escura, invernante, já sou amante tua...~
Sempre fui!

by Rui Faria

Enviar um comentário