terça-feira, 24 de novembro de 2015

diptera e o parasita


Até esta pequena mosca não escapa ao parasitismo de um invertebrado ainda mais pequeno. Carrega o encarnado bichinho cravado no seu abdómen, para qualquer lugar. 
Região do baixo Vouga lagunar.

Enviar um comentário