domingo, 25 de outubro de 2015

carvalhal de outono


Por terras de carvalhos no outono ameno, no início da época outonal, por terras e florestas, com os solos húmidos e a folhagem caduca empapada pelas chuvas e chuviscos que vão tornando-se comum por esta estação. É o castanho peculiar dessas folhas, que se espalha pelo solo, folhas lobuladas, dominadas por esses tons castanhos e nervuras. Carvalhais envoltos em mística dos bosques, florestas e arvoredos, carvalhais, que pela sua antiguidade, reportam-nos para um mundo encantado, mas real, repleto de seres, repleto de vidas e repleto de histórias. Quantas histórias têm para contar aqueles carvalhos centenários, que tanto passaram, que tantas intempéries resistiram, que tantos seres abrigaram, e tantos e tantos seres alimentaram!



À contra-luz, o ramo retorcido daquele carvalho revela o ritmo e forma como cresceu ao longo da vida, moldada pela genética da espécie em particular e pelo ambiente.

by Rui Faria

Enviar um comentário