segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Araniella inconspicua


Se há aracnídeos que sabem dar nas vistas, um deles é esta espécie em particular. Com estas cores arrebatadoras e chamativas, pinceladas pela evolução e moldadas ao sabor da biologia desta aranha peculiar. Mais uma vez não foi fácil destrinçar a espécie, não sendo eu especialista, mas depois de uma busca pelo universo da Internet deparei-me com 4 espécies ibéricas (até ao momento descobertas ou classificadas!), certo que ainda algumas incertezas tenho, porque a outra espécie, a Araniella cucurbitina é muito parecida com esta, mas é mais padronizada e com marcas negras e não tem as patas tão vermelhas.


Face inferior / abdómen.

Montanha da Penha / Guimarães.
Folhagem de Acer pseudoplatanus.

Enviar um comentário