quinta-feira, 17 de setembro de 2015

a textura da Flora

Não deixes de reparar nos detalhes, nos pormenores, na beleza de cada cor, de cada linha, nos altos e baixos que descem o capítulo de cima a baixo, no violeta, no roxo, mas o laranja vai-te realçar a visão, e vais perceber e perguntar novamente, o porquê dessa estranha mistura de cores, e porque o verde se intimida e se esconde acima do laranja. 
Nem tudo se pretende linear, nem tudo dá para entender, mas tudo pode ser interpretado!
Nem tudo devia ser belo, mas o pensamento individual é que comanda essa decisão! São as reflexões que retiro agora por aqui, estagnadas, e incompreendidas, mudam ou evoluem consoante o estado de espírito, do próprio leitor que se delicia ou não com as palavras!  


Desculpem-me a abstenção de quaisquer termos científicos, (ás vezes a ciência é aborrecida!), mas ok, estava inspirado pelo que quis mostrar uma visão mais abstrata do mundo natural!

by Rui Faria / Serra da Amoreira

Enviar um comentário