domingo, 9 de agosto de 2015

vestígios de Javali


Nas margens de uma lagoa em Covão de Lobo (mas o predador que dá o nome à localidade já se extinguiu à muito) somam-se vários indícios de presença de javalis, Sus scrofa, ora não fosse uma das espécies com a mais rápida explosão populacional dos últimos anos. Mas, claro, tal não é motivo para começar uma perseguição louca e desenfriada a estes seres, mesmo sabendo que a sua carne é muito apreciada, e também pelo motivo que se deve ao grande aumento populacional e que está a servir como pretexto para precisamente incitar mais matanças, muitas das quais efetuadas com métodos cruéis, daqueles que costumamos ver em países em desenvolvomento e que tanto condenamos, nós ocidentais, aparentemente "super desenvolvidos" !
O javali é o nosso ícone, natural da região holártica, é um encanto vê-lo retratado em pinturas cujo pano de fundo é formado por bosque lendários e árvores centenárias ou num estilo mais medieval! O "tanque ibérico" como já ouvi falar algures, senhor de tantos tipos variados de florestas que precisa para responder à sua variada e rica dieta silvestre.

pegada.

Enviar um comentário