quinta-feira, 28 de maio de 2015

pinhal monótono



Pinhal monótono e pobre florísticamente em vale do couce. Por isso não importa se a espécie é autótone ou não, se esta estiver inserida numa monocultura a diversidade florística será quase sempre pobre! Na realidade é mesmo isso que o silvicultor pretende, seja carvalho, pinheiro ou eucalipto. Quanto menos material lenhoso e foliar houver no solo mais fácil será a manutenção e o rápido crescimento da espécie que se pretende conduzir. Mas no final de contas é possível, se o silvicultor assim o bem entender, por gosto ou bom censo, fomentar uma maior diversidade flrística nestas monoculturas. E na altura em que vivemos, só terá a ganhar com isso!!!
Enviar um comentário