quarta-feira, 6 de maio de 2015

gado bovino na mata de albergaria


Em pleno parque nacional da Peneda-Gerês, na mata de albergaria, o gado bovino é um importante agente no que toca á diversificação da flora. Se, pelo contrário podem ser muito destrutivos se confinados num espaço cercado, aqui, em semi-liberdade vão se deslocando pelos caminhos e bosques, comendo um pouco de tudo, e impedindo também que a vegetação não se adense muito, que no final acaba por beneficiar não só o próprio bovino, mas também uma grande variedade de plantas como havia referido, e sobretudo de animais, mais propriamente insetos! Segue abaixo um exemplo de um grande díptero que aqui avistei atraído pelos excrementos de bovinos.


Um obrigado a Ana Rita Gonçalves, que prontamente identificou esta magnífica espécie como sendo Mesembrina meridiana.




Enviar um comentário