domingo, 26 de abril de 2015

grande carvalhal!


Um dos maiores carvalhais de Quercus robur da europa vegeta no concelho de Fafe, principalmente nas serras de Aboim, Lagoa e Gontim.
A imagem, retrata apenas uma pequena percentagem da magnífica extensão deste gigantesco carvalhal. Rasgado nalguns pontos por estradas de acesso ás povoações, ameaçado por incêndios constantes e em menor parte pelo corte de árvores para lenha ou carvão, este carvalhal é sem dúvida um segredo bem guardado!, no que toca á rica fauna e flora.
Na imagem, no canto superior direito e ao lado da floração amarela dos tojos, essa mancha cinzenta é de carvalho-negral Quercus pyrenaica, que nestas montanhas ainda não atingiu um porte arbóreo significativo, além do mais essa área foi recentemente afetada por um fogo (ou queimada?).
Neste local dá para imaginar como estariam essas serras graníticas, repletas de blocos graníticos de formato redondo, também conhecidos por caos de blocos, por esse país fora, mas que aqui estão rodeados de um exuberante carvalhal de sub-bosque de Pyrus sp. abundante!

Porque este lugar não se encontra na rede de áreas protegidas? Porque continuamos a ignorar áreas, que podem não ser prístinas ou intocadas, mas que com o passar dos anos recuperaram o seu esplendor? 
Este lugar teria todas as condições para ser um parque natural rico e diversificado! Como costumo dizer, a mata de Albergaria está para este lugar como os pais estão para os filhos!!


Enviar um comentário